Tutorial – Marcadores de páginas

Posted on novembro 20, 2010

0


Oi todo mundo!!!

Hoje eu vou mostrar como fazer um marcador de página, simples, bonito e útil.

Tudo surgiu de uma simples constatação da vida moderna: quando você compra livros pela internet eles não mandam os marcadores – viu Submarino, fikdik. Então imaginem a minha situação quando eu comprei 5 livros e não tinha nenhum marcador disponível pra usar (eu tenho vááários marcadores, mas todos estavam ocupados nas minhas marcações de estudo…).

Para esse pequeno trabalho híbrido eu usei um kit que tem tudo a ver. Chama-se Between the Pages e é um collab entre o Re Kneipp e a Kaye Winieck:

Bom, mãos ao mouse:

1) no PS, abra um novo arquivo no tamanho 6 cm x 20 cm.

Ele vai ficar assim:

2) hora do papel: escolha o papel de sua preferência e com a ferramenta “rectangular marquee tool” selecione uma faixa do papel. Como a papel que eu escolhi é liso, tanto faz o pedaço, mas se o papel for decorado, escolha o pedaço da sua preferência:

3) Com o bom e velho “ctrl+C” “ctrl+V” recorte e cole o pedaço de papel no seu arquivo em branco.

4) Agora é só colocar os elementos que você quiser. Não se esqueça de redimensioná-los.

O meu ficou assim:

5) Deu pra perceber que os elementos estão chapados na página? Fica feio, né? Então bora lá colocar sombra nesses elementos?

É só ir em “Layer” —> “Layer Style” —> “Drop Shadow”. Não esqueça de selecionar a camada em que você vai colocar a sombra:

Hora de bricar com as sombras.

Veja que eu assinalei na janela 3 comandos:

– na caixa de “Blend Mode” você vai ter várias opções: normal, dissolve, multiply etc… são esses comandos que vão dar o toque da sombra, se ela vai estar mais ou menos acentuada. Eu, normalmente, uso o multiply;

– no comando “opacity” você clareia ou escurece a sombra: quanto maior a porcentagem, mais escura a sombra;

– na caixa “contour”, cada figura daquela dá a forma de contorno da sombra na figura.

Mexa com todas essas janelas, aumente e diminua a distância, a dispersão e o tamanho da sombra até encontrar a ideal. Não há um número certo, cada elemento, cada composição de página merecem um cuidado especial.

Depois de colocar as sombras o meu marcador ficou assim:

Deu pra perceber a diferença, não?

6) hora de imprimir. Eu fiz 3 marcadores diferentes e salvei todos em formato .jpg. Eu acho mais fácil imprimir mandando as imagens para o Word, assim eu uso só uma folha de papel. Para isso deixe a folha do Word zerada, ou seja, sem nenhum recuo. Depois é só copiar e colar as imagens, deixando um espaço entre elas para poder recortar o papel com mais facilidade.

Depois de impressa a folha fica assim:

Aí é só recortar. Eu uso uma guilhotina pequena, de mesa, porque a minha coordenação motora é zero. Mas se você tem a mão firme, vai em frente e corte com uma tesoura bem afiada (se ela estiver meio cega “mastiga” o papel e estraga o trabalho).

E depois de recortado seus marcadores estão prontinhos para serem usados. Se você preferir pode plastificar o seu marcador ou encapar com papel contact. Eu não faço isso porque eu vivo me cortando com a borda da plastificação –  e eu e e o papel contact não somos, realmente, melhores amigos.

******* Dica de livros: recomendo MUITO que você leia a trilogia Millenium. Os livros são ótimos, muito bem escritos, e a história te prende do primeiro ao último capítulo. Comprei a coleção toda no Submarino com um baita descontão. Aliás, o Submarino está com promoções maravilhosas no seu setor de livros, a cada semana a promoção muda, então é bom estar sempre passando por lá. *******

Espero que tenham gostado da dica.

Por hoje é só. Bjs a todas e bom scrap!!!

Anúncios
Posted in: Híbridos, Tutorial